Faça sua Call to Action detonar com essas 5 dicas

Faça sua Call to Action detonar com essas 5 dicas

Imagem de perfil de  Ronaldo Scotti
Ronaldo Scotti

Uma boa call to action é o tempero secreto para fazer seus visitantes clicarem nas suas ofertas.

Se sua call to action não consegue capturar a atenção de visitantes e os persuadi-los a clicar, então ela está sendo inútil.

CTA’s podem ser usadas em páginas do seu blog, anúncios, e-mails, redes sociais e em praticamente qualquer lugar em que você queira divulgar sua oferta.

Por oferta, não digo apenas a venda de algo. Oferecer um conteúdo gratuito – como um e-book em troca do e-mail da pessoa, por exemplo – pode também ser considerado uma oferta.

Em um mundo onde muitos negócios lutam pela atenção dos consumidores, é um ponto crítico que sua oferta chame mais atenção do que a de seus concorrentes.

Nesse artigo, irei te mostrar 5 dicas de fácil aplicação que vão fazer suas CTA’s detonarem como nunca!

#1 – Deixe sua Call to Action visível

Parece uma dica besta, né? Mas muitas vezes falhamos nesse quesito básico. Quem nunca visitou um site, queria realizar uma ação mas não achou o botão que fazia aquilo?

Isso é muito mais comum do que você imagina.

Call’s to action funcionam melhor “antes da dobra”, no espaço em que o usuário consegue ver sem rolar na página.

Em um trabalho que fiz a algum tempo para o evento TDC, utilizei uma ferramenta de análise de heat maps para monitorar o que podia estar quebrando a conversão de uma landing page.

Nessa análise, notei que tudo que ficava “depois da dobra” era visto por menos de 50% dos visitantes.

Isso é um número alarmante.

Para remediar a situação, movi a call to action para o início da página, “antes da dobra”.

Exemplo de call to action visível
Exemplo de CTA visível

Sem dúvidas, dobrar o número de visualizações de sua call to action pode aumentar significativamente seu número de leads.

Porém, essa página teria convertido ainda mais se eu já soubesse a dica #2…

#2 – Seja claro na sua oferta

Já falei sobre isso no artigo sobre formulários, mas vale a pena repetir.

Às vezes, focamos mais em usar frases inteligentes do que em sermos claros.

Seja transparente como vidro sobre a oferta de sua CTA, seja específico.

Assim seu visitante vai saber o que pode esperar da sua oferta, e ficará mais inclinado a clicar nela.

Se você está ofertando um guia grátis, diga “Baixe seu guia grátis para X”. Se você está oferecendo um webinário gratuito, diga “Garanta sua vaga GRÁTIS e aprenda a X” (entenda X como o benefício que sua oferta gera).

Isso é muito mais efetivo do que simplesmente dizer “Baixe agora” ou “Inscreva-se”, essas CTA’s não são específicas o suficiente, e certamente não vão fazer você se destacar.

Exemplo de oferta clara
Exemplo de oferta clara

#3 – Use contraste para fazer sua Call to Action aparecer

Uma call to action deve se sobressair em uma página. Se ela se misturar demais com os outros elementos, pouca gente vai notar que ela existe.

Você quer que o máximo possível de olhos percebam que sua call to action está ali, pedindo para ser clicada, certo?

Então use cores contrastantes para sua CTA aparecer, e ainda mais importante, use o design a seu favor para fazer sua call to action parecer clicável, como mostrei com mais detalhes nesse artigo.

Exemplo do que NÃO fazer
Exemplo do que NÃO fazer

Veja com atenção essa página do Evernote de 2012. Note o quão escondido está o botão de call to action para baixar o aplicativo (está no fim da parte verde, bem no meio, caso você não tenha achado).

Será que o Evernote teria o tamanho que tem hoje se não tivesse mudado essa prática? Acho que não né.

#4 – Link sua Call to Action para uma página específica da oferta

CTA’s devem enviar seus visitantes para uma página onde eles recebam uma oferta específica.

Mesmo que sua call to action seja sobre sua marca (talvez você não esteja oferecendo nada que possa ser consumido online), ainda assim mande seus visitantes para uma página específica sobre esse assunto.

E algo muito importante: dê preferência ao uso CTA’s que convertam visitantes em leads.

Exemplo de call to action que leva para uma landing page
Exemplo de CTA que leva para uma landing page

#5 – Páginas de obrigado são ótimas para usar uma Call to Action

Caso você não esteja familiarizado com esse termo, vou explicar brevemente.

Páginas de obrigado são aquelas páginas que você redireciona o usuário depois que ele preenche um formulário, ou conclui uma ação específica.

Mesmo se alguém já se tornou seu lead, você não precisa parar por aí.

Aumentar o engajamento com seus leads deve ser uma grande prioridade sua se você quer que eles acabem virando clientes fiéis.

Assim que alguém chega em uma “página de obrigado”, use esse espaço para promover mais ofertas e conteúdos.

Por exemplo, se seu visitante baixou um e-book sobre Perda de Peso, na página de obrigado você pode oferecer a ele uma consultoria com preço reduzido, indicar algum artigo do seu blog que fale sobre o assunto, ou mesmo pedir que ele te acompanhe nas redes sociais.

Concluindo

As dicas que mostrei nesse artigo são fáceis de serem aplicadas, e vão turbinar os resultados de suas CTA’s.

Resumindo:

  • Coloque sua call to action no topo da página;
  • Crie ofertas claras, seja direto e específico;
  • Use cores que se destaquem em sua call to action;
  • Crie páginas específicas para sua oferta;
  • Aproveite a página de obrigado para engajar seu lead;

Recomendo que você anote as dicas em um papel e comece aplicá-las agora mesmo em suas call to actions, você vai sentir a diferença!

Você tem um negócio online?

Quer saber como é fácil criar e vender cursos espetaculares com o Orbit? Agende uma demonstração exclusiva e gratuita da plataforma com o fundador do Orbit Learn, e descubra como podemos ajudar o seu negócio online a crescer! 🚀

Kyan logo
Escrito por:
Ronaldo Scotti

Ronaldo é Fundador do Orbit Learn, desenvolvedor web experiente e apaixonado por marketing. É Cientista da Computação e atualmente está se especializando em Inteligência Artificial pela PUCRS.

Compartilhe esse texto:

Continue aprendendo:

O que é aprendizagem sob medida e por que você deveria usar

O que é aprendizagem sob medida e por que você deveria usar

Entenda o que é a aprendizagem sob medida e saiba por que você deveria começar a aplicar esse conceito nos seus cursos online.

Leia mais
Site lento: Assassino de Conversões

Site lento: Assassino de Conversões

Meu site está lento... será que a falta de velocidade pode mesmo estar afetando minhas conversões? A resposta é sim e você pode mudar isso!

Leia mais
Qual a melhor plataforma para um blog de sucesso?

Qual a melhor plataforma para um blog de sucesso?

Wix, Blogger ou Wordpress? Qual é a melhor plataforma? Neste artigo, vou te ajudar a escolher a melhor plataforma para criação de blogs.

Leia mais

Fique por dentro

Conteúdo de primeira direto no seu inbox. Sem spam.

Não compartilhamos seus dados com ninguém.

Icon